Pirenópolis é uma cidadezinha que a gente ouve coisas incríveis e já imagina como sendo um lugar de “outro mundo”…

E de fato, lá é bem interessante e pra quem está habituado a cidades maiores, como Goiânia, que é uma capital com a típica paisagem de cidade grande, e seus milhões de habitantes, fica impressionado com o que vem a ser uma cidade histórica e cheia de paisagens naturais exuberantes, como as famosas cachoeiras de Pirenópolis.

Quando eu fui, fui de Goiânia para lá, e a paisagem estava de tirar o fôlego. Cheio de Flamboyants nas fazendas a beira da rodovia.

E chegando em Pirenópolis, advinha?! Flamboyants logo na entrada da cidade. E ao longo do centro tinha bastante também… Claro, tive que parar pra tirar fotos…

Uma característica bem perceptível a primeira vista, são as ruas de pedras, vielas e “morros” em toda a cidade. Enfim, não é um trajeto convencional de cidades modernas… Rs Mas é bem bacana, porque dá um ar interessantíssimo pra cidade, que é bem antiga e rústica e também propicia melhor apreciação da paisagem da cidade… Pois obriga o motorista a dirigir mais devagar…

A Cidade é turística, e esse você ainda não foi em cidade assim, espere encontrar bastante gente tumultuada, geralmente estão aglomerados em feiras, lojinhas locais e barzinhos e restaurantes.

Falando melhor sobre esses pontos turísticos, se você gosta de tomar uma cerveja tranquilo numa mesa de bar, de repente até curtindo som ao vivo, ou se você gosta de lojas de artesanato, roupas customizada, vai adorar Pirenópolis.

Quero ressaltar sobre os barzinhos, que tem pra diversos gostos. E os que achei bem interessante, são os que se tem no centro da cidade de frente em volta do Rio e ponte. Sim, gente, tem um rio bem ao meio da cidade, e isso foi o que me impressionou em Pirenópolis logo de cara. Imagine só, você morando lá e, de repente, se sentindo entediado ou encalorado, pode ir lá e se refrescar a vontade.

Ah, e algo bem interessante que percebi na cidade é que eles tem feiras no fundo do quintal das casas. Não é demais?!

Outra peculiaridade de lá são as pensões, que fazem atreladas as residências. Lugares de hospedagem é outro item que não falta na cidade…

Bom, agora vamos pra uma coisa que todos adoram em Pirenópolis: As Cachoeiras.

Pra você que está indo pela primeira vez, já antecipo que em um final de semana só, é impossível conhecer todas elas. São muitas, muitas mesmo. E os acessos são difíceis e são longes uma das outras.

Pra chegar a uma cachoeira, geralmente você passa por morros e estradas de chão. Além de pontes. E também quando você chega no local, tem que fazer uma caminhada pra ter o acesso. E essas caminhadas geralmente se dão por trilhas…

Uma das cachoeiras que fui e me lembro pelo nome, foi a Reserva do Abade. Ela é bem interessante. Chegando lá, parece uma prainha, por causa da areia. Mas é bem fechado e pequeno o local, bem reservado. Coberto de mata. E a cachoeira é um fio fino de água que escorre de muito alto. É muito bonito.

Nessa fazenda, existe mais cachoeiras e fui em uma outra que fica em outra trilha, e é também muito bonitinho e agradável. Segue o estilo de ser bem reservado, mas essa já é rodeada por paredões impressionantemente grandes, e pedras gigantescas no fundo da água também, no espaço raso, parecendo até que foram colocadas lá, o que seria impossível, afinal, não são pedrinhas, são pedras enormes mesmo! Nessa outra, cachoeira, a cascata menor, porém mais espessa.

Essa fazenda é bem legal, pois em sua recepção há um comércio bem bacana e espaço rústico pra comer alguma coisa e jardins pra descanso e contemplação com redes e lindas praças. E também tem um restaurante com comida típica e preço bem justo. É maravilhoso.

Fui em uma outra cachoeira em outra fazenda a qual não me lembro o nome. E essa já tem bastante pedras empilhadas, onde escorrem água, formando cascatas.

Todas as cachoeiras, tem seus espaços rasos e fundos. E pra quem nunca foi nesse tipo de lugar, é bom ir preparado pra pegar uma aguinha bem gelada, por causa das pedras…

Bom, isso foi um pouco do que senti de Pirenópolis, em poucas palavras, um lugar agradável, e que proporciona um misto de aconchego com aventuras! Espero que gostem!

Dica bônus! Para ter uma viagem agradável e inesquecível para Pirenópolis sem precisar gastar muito, adquira “toda a sua viagem” pela internet, desde passagem (aérea ou de ônibus) até a hospedagem no hotel. Na internet você vai encontrar preços mais acessíveis do que os encontrados quando o objetivo é resolver tudo lá, de última hora. Além disso, na internet você poderá usar um cupom de desconto para economizar ainda mais na compra do que for preciso para a sua viagem. Se o seu objetivo é comprar um pacote completo para a sua viagem, utilize um cupom de desconto Latam. Agora, se você já tem tudo organizado, só falta reservar o hotel, utilize um cupom de desconto Hoteis.com.